ABES

http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/330350economiaagua.jpglink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/241326diadesol2015.jpglink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/514816banner_1.jpglink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/611994jps080916.jpglink
Home Notícias Notícias ABES Diretoria da ABES-SP para o biênio 2017-19 toma posse
Diretoria da ABES-SP para o biênio 2017-19 toma posse PDF Imprimir E-mail
Qui, 10 de Agosto de 2017 15:29

A nova diretoria da ABES-SP, eleita para o biênio 2017-19, tomou posse em cerimônia realizada nesta terça-feira, 8 de agosto, no Conselho Regional de Química – CRQ.

Com um auditório lotado de associados da ABES, profissionais do saneamento, especialmente da Sabesp, autoridades e entidades do setor, Márcio Gonçalves de Oliveira, superintendente da Sabesp Unidade Leste, assumiu a presidência da Seção São Paulo.

DSC 0154 - Cópia

Márcio Gonçalves de Oliveira, presidente eleito da ABES-SP

Participaram da cerimônia o presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza, o secretário adjunto da Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, Ricardo Toledo, que é membro do Conselho Diretor da ABES-SP, Ivan Cáceres, diretor de Políticas Públicas  da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, representando o secretário Gilberto Natalini, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, o presidente da Cetesb, Paulo Massato , diretor metropolitano da Sabesp, Carlos Roberto dos Santos, e Ricardo Montoro, vice presidente da Companhia Metropolitana de Habitação – COHAB, além de representes de entidades como o presidente da AESabesp – Associação dos Engenheiros da Sabesp, Olavo Sachs Prates, o vice-presidente da Assemae, Norberto Padovanni Pinto, e Luiz Augusto Lima Pontes, presidente do Conselho Consultivo da AIDIS – Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental, da qual a ABES é um braço no Brasil, entre outros.

O presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza, abriu a cerimônia parabenizando a nova diretoria e lembrando os convidados sobre o déficit do saneamento no país e os desafios do setor. “Ainda há muito a ser feito. E a ABES São Paulo, assim como o Estado de São Paulo, é uma grande força para a melhoria do quadro do saneamento no país”.  Lembrou ainda que a nova diretoria tem o desafio de dar continuidade, como anfitriã, aos trabalhos de preparação para o Congresso ABES Fenasan 2017, que será promovido de 2 a 6 de outubro em São Paulo, em parceria com a AESabesp.

Para o diretor de Políticas Públicas da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, Ivan Cáceres, a ABES tem muito a contribuir com as questões de saneamento e meio ambiente para a cidade de São Paulo e o estado. “Temos muitas dificuldades nessa área. A área ambiental em São Paulo precisa de parcerias. A ABES, sem dúvida alguma, será uma construtora e consultora da Secretaria, assim como a Sabesp tem sido.”

O presidente da Cetesb, Carlos Roberto dos Santos, associado da ABES, ressaltou que as áreas ambiental e de saneamento devem caminhar  juntas. O saneamento é parte integrante de um conjunto muito importante e está é uma parceria fundamental. A ABES sempre firmou sua presença em congressos e cursos, que garantem uma boa tomada de decisão para nós, técnicos, e vem capacitando ao longo dos anos de forma competente e coerente os profissionais da área de engenharia, Saneamento básico e meio ambiente. Deixo aqui consignada a minha admiração e o meu empenho particular, o empenho das estatais junto à ABES para que se possa desenvolver uma área de saneamento forte e uma área ambiental forte.”

DSC 0099 - Cópia“É uma grande satisfação ver o Marcio como presidente da ABES-SP. Tenho acompanhado o trabalho dele na Sabesp, na Unidade Leste, tanto a capacidade técnica quanto sua iniciativa”, afirmou o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, ao iniciar sua fala. “Estamos num momento particularmente importante para o saneamento no país. Um momento propício porque a atenção nacional se voltou ao saneamento, pelas dificuldades do saneamento na maior parte do país, também porque não desenvolvemos instrumentos regulatórios que assegurem que a infraestrutura que foi construída no país seja corretamente operada e mantida.  Ainda temos muito pouca influência para operação e manutenção. A ABES tem ainda muito a contribuir no campo legal, no campo regulatório e no campo técnico. Tem uma responsabilidade gigantesca de aproveitar esta oportunidade. As pessoas percebem agora que os investimentos no saneamento são relevantes para a criação de empregos, para a recuperação da economia, há essa percepção. A missão da ABES é aproveitar esta oportunidade, mas não limitá-la à construção, trazer o conceito de que o que realmente interessa é a oferta do produto final que é o serviço apropriadamente à população.”

Alceu Guérios Bittencourt, que na cerimônia passou o cargo de presidente a Marcio Gonçalves, falou, entre outros assuntos, de duas marcas de sua gestão: a atuação da ABES durante a crise hídrica, esclarecendo a população por meio dos veículos de mídia, e a consolidação da parceria com a AESabesp para a realização do Congresso ABES Fenasan 2017. “Foi uma parceria feita ao longo de quatro anos, iniciando quando defendemos a proposta de São Paulo no Congresso da ABES em Goiânia, em 2013. Os que defendiam a proposta alternativa, que era muito atrativa, do Rio de Janeiro, diziam que era um grande problema o congresso ocorrer em São Paulo, pois havia a Fenasan na mesma época. Naquele momento dissemos que iríamos buscar uma solução. Essa parceria foi construída e teve muito êxito. Isso é uma marca da ABES-SP e nacional: o trabalho em parceria com outras associações.”

O engenheiro finalizou seu discurso defendendo o engajamento. “Ao atuar na crise hídrica nós fizemos política. Ao montar um Congresso e uma feira com mais de mil trabalhos técnicos e mais de 50 sessões estamos fazendo política. É importante dizer num momento como este, em que a política é tão pouco valorada, que nós temos que fazer política. O risco de sermos guiados por salvadores da pátria, os donos da virtude, da verdade, é um risco perigoso que tem que ser combatido, Modestamente, uma associação como a nossa contribui com um processo de participação e é com essa observação quem eu quero desejar toda felicidade, todo nosso apoio à nova gestão e agradecer a todos pelo apoio que tivemos.”

O vice-presidente da ABES-SP na nova gestão, Luiz Roberto Gravina Pladeval, contou um pouco sobre sua experiência e participação ao longo dos últimos oito anos. “Pude participar de grandes desafios, como a Carta de Goiânia (do 27° Congresso da ABES em 2013) e o grupo de discussão do Plansab no qual fizemos várias sugestões entre as quais muitas foram acatadas para o texto final. E agora propus a criação de um grupo de trabalho para discutir e propor mudanças à Lei 11.445. é uma das atividades da nossa associação fazer este papel. Temos muita competência intelectual para fazer propostas para o país. O que quero dizer com tudo isso é que aprendi muito sobre saneamento com os pares e ainda estou aprendendo. Além disso, fiz grandes amizades. Esta oportunidade traz ganhos profissionais e pessoais.”

Em nome de toda a diretoria da ABES-SP, Pladevall prestou uma homenagem a Alceu. “Queremos homenagear o nosso presidente que está saindo pelo trabalho, ele ficou três anos como vice-presidente do Dante e cinco anos à frente da ABES SP. Precisamos de pessoas, o trabalho voluntário não é fácil e foi uma brilhante gestão do Alceu.”

DSC 0145 - Cópia

Encerrando a cerimônia, o presidente Marcio Gonçalves falou sobre a vivência de quem trabalha no saneamento, os desafios do setor e a questão dos investimentos, tão necessários para a universalização. “Já foi citado aqui o grande déficit de saneamento no pais. Precisaríamos investir 16 bilhões ao ano para alcançar a universalização em 2033, como previa o Plansab. No ritmo que está -11, 12 bilhões - só vamos conseguir isso em 2053. É difícil olhar pra esse cenário e ficar conformado.”

DSC 0071 - Cópia

“Como foi dito aqui, temos muito trabalho para fazer. Mas temos uma equipe, um time muito empenhado e qualificado nessas questões. E grande parte está aqui hoje, pessoas que nos ensinam, transmitem suas experiências, lembram de momentos importantes, de crises, onde aprendemos e construímos o saneamento paulista, que também motiva o saneamento no Brasil. Vamos sair daqui com esse pensamento, com essa emoção de que podemos fazer mais, mais rápido, com qualidade, gestão, com capacitação, com atitude, é com isso que temos que contribuir. Agradeço a todos e acredito que estamos empenhados para ajudar a resolver essas questões.”

DSC 0180 - Cópia

 Diretoria da ABES-SP Biênio 2017/2019

 

Conheça a nova diretoria:

Presidente Márcio Gonçalves de Oliveira       

Vice-Presidente Luiz Roberto Gravina Pladevall

 

Diretores  Carlos José Teixeira Berenhauser | Luis Eduardo Grisotto | Nivaldo Rodrigues da Costa Jr. | Roseane M. Garcia Lopes de Souza

1º Secretário Marisa de Oliveira Guimarães | 2º Secretário Álvaro Diogo Sobral Teixeira

1º Tesoureiro Benemar Movikawa Tarifa | 2º Tesoureiro Agostinho de Jesus G. Geraldes

 

Conselho Fiscal Aurélio Fiorindo Filho | Hélio Nazareno Padula Filho | Maycon Rogério de Abreu | Rodrigo de Freitas Bueno | Tobias Jerozolimski | Wilson Roberto dos Santos

Conselho Consultivo Alessandra Ourique de Carvalho | Ana Lúcia Brasil | Danny Dalberson de Oliveira | Eduardo Luis Serpa |Guilherme Machado Paixão |Monica Ferreira do Amaral Porto 

Representantes junto ao Conselho Diretor Alceu Guérios Bittencourt  | Antonio Carlos da Costa Lino | Claudio Hissashi Kuada | Cristóvão José da Silva | Jairo Tardelli Filho |João Marinho Heleno Victório | Luciomar Santos Werneck | Marcel Costa Sanches | Meunim R. Oliveira Jr. | Osvaldo Ioshio Niida | Ricardo Toledo Silva | Sadalla Domingos | Samanta Ivonete Salvador Tavares de Souza | Vasti Ribeiro Facincani

 

Subseções

Baixada Santista

Presidente Andrenandes Sincerre Gonçalves

Vice-presidente Renato da Cruz Silva

Secretário Silvio Mario Benetati

Tesoureiro Zenivaldo Ascenção dos Santos

Representantes Conselho Consultivo Eduardo da Silva Santos | João Cesar Queiroz Prado

 

Bauru

Presidente Ricardo Crepaldi

Vice-presidente Jorge Hamada

Secretário Silvio Mauro Silvestre

Tesoureiro José Brazoloto

 

Franca

Presidente Luciano Reami

Vice-presidente Orlando Antunes Cintra Filho

Secretário Rui Engrácia Caluz

Tesoureiro José Chozen Kochi 

Representante Conselho Consultivo José Roberto B. dos Reis

 

Presidente Prudente

Presidente Gilmar José Peixoto  

Vice-presidente Encarnita Salas Martin

Secretário Leila Maria Sotocorno e Silva

Tesoureiro Décio Dias Cesco

Representantes Conselho Consultivo Augusto Cesar M. Leme | Robinson J. O. Patricio

 

Vale do Paraíba

Presidente Luiz Roberto Barretti  

Vice-presidente Renato Traballi Veneziani

Secretário Jorge Luiz Monteiro

Tesoureiro Mauro Massaru Inoue

Representantes Conselho Consultivo Jose Carlos S. Florençano | Denise M. E. Formaggia

 

Vale do Ribeira

Presidente Jiro Hiroi

Vice-presidente Fabio Severo 

Secretário Amarildo Carlos S. Lopes

Tesoureiro Osvaldo Beltrame Filho

 

Veja mais fotos da cerimônia: https://goo.gl/photos/r2Hi33Eykk77CLTe8

 

Eventos

«   Outubro 2017   »
dstqqss
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
    
Veja mais eventos

Receba nossos informativos

Rua Eugênio de Medeiros, 242 - 6º andar - Pinheiros - 05425-900
São Paulo - SP
Mapa de localização

Tel / Fax: 11 3814 1872 e 11 2729 5510
Fale conosco

ABES-SP - Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental