ABES

http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/495966banner_socio.giflink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/330350economiaagua.jpglink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/514816banner_1.jpglink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/611994jps080916.jpglink
http://abes-sp.org.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/283592241326diadesol2015.jpglink
Home Notícias
Notícias
Sacolas voltam, mas mercados vão recorrer PDF Imprimir E-mail
Qua, 27 de Junho de 2012 12:19

O Carrefour e o Grupo Pão de Açúcar vão distribuir sacolas plásticas gratuitas a partir de amanhã. O Sonda já voltou a fornecer em todas suas lojas. Mas a Associação Paulista de Supermercados (Apas) entrará com recurso contra a decisão da Justiça que determinou a volta das sacolinhas.

Leia mais...
 
Lâmpadas fluorescentes devem ser descartadas em lojas PDF Imprimir E-mail
Ter, 26 de Junho de 2012 14:50

Material é encaminhado para fábricas que fazem a descontaminação.Pela nova lei, fabricantes são responsáveis por recolher lâmpadas.

 

Um dos descartes de resíduos sólidos mais preocupantes para o meio ambiente é o das lâmpadas fluorescentes, pois elas são altamente tóxicas e não podem ser jogadas no lixo comum. O correto é levar para uma loja que vende lâmpadas, como, por exemplo, lojas de material de construção, onde deve existir um ponto de coleta.

De lá, as lâmpadas são encaminhadas para fábricas que fazem a descontaminação, como uma que existe em São José dos Campos, no interior de São Paulo. Primeiro, elas são classificadas por tamanho. Depois, são retiradas as peças em metal, que são encaminhadas para fundições. Em seguida, a lâmpada é triturada.

O processo seguinte é a retirada das substâncias tóxicas, como o mercúrio, que vai para institutos de pesquisas. O vidro que sobra é levado para reciclagem na indústria cerâmica.

Pela nova lei do lixo, os fabricantes são responsáveis por recolher as lâmpadas que não servem mais. Enquanto isso, o jeito é levar até as grandes lojas de material de construção. Os ecopontos da prefeitura não recebem lâmpadas.

Confira as lojas que aceitam as lâmpadas:

Loja

Endereço

Leroy Merlin Interlagos

Rua Domingas Galleteri Blotta, 311 - São Paulo

Leroy Merlin Raposo Tavares

Rod. Raposo Tavares, Km 14,5 s/nº -  São Paulo

Leroy Merlin Marginal Tietê

Av. Pres. Castelo Branco, 6.061 - São Paulo

Leroy Merlin São Caetano

Av. do Estado, 1750 -  São Caetano do Sul

Leroy Merlin Morumbi

Rua Magalhães de Castro, 12.000 - São Paulo

Leroy Merlin Ricardo Jafet

Av. Dr. Ricardo Jafet, 1501 - São Paulo

Leroy Merlin Lar Center

Av. Otto Baumgart, 500, em frente ao Shopping Center Norte - São Paulo

 

Fonte: G1

 
Saneamento básico seria o problema ambiental número um no Brasil PDF Imprimir E-mail
Ter, 26 de Junho de 2012 14:39

Saneamento básico é o maior problema ambiental do Brasil estando à frente do desmatamento ou execução de projetos para a obtenção de energia, segundo o professor de engenharia civil e ambiental da Universidade de Brasília, Oscar Netto. Em sua avaliação, “em média, todo brasileiro vai se deparar, em algum momento do seu dia, com problemas ambientais causados pela falta de saneamento. Sobretudo no que se refere a saneamento urbano, nós temos um grade desafio pela frente”, explica.

Leia mais...
 
Biopalma, da Vale, inaugura no Pará primeira usina de óleo de palma PDF Imprimir E-mail
Ter, 26 de Junho de 2012 14:30

Unidade é capaz de produzir 25 toneladas de óleo por hora.Óleo de palma será transformado em biodiesel a partir de 2015.

 

A Biopalma da Amazônia SA, empresa daVale em sociedade com o Grupo MSP, inaugurou nesta terça-feira (26) sua primeira usina extratora de palma (dendê). A usina fica no município de Moju, a 150 km de Belém, no Pará, e é a primeira de duas unidades que serão construídas para extrair o óleo de palma.  Será construída ainda uma unidade para transformar o óleo em biodiesel a partir de 2015. O investimento total do projeto é de US$ 500 milhões, informou a Vale.

Leia mais...
 
Cientista social destaca a importância da agricultura familiar no desenvolvimento sustentável PDF Imprimir E-mail
Ter, 26 de Junho de 2012 14:17

Ignacy Sachs discute sobre a fronteira entre economia, sociedade e meio ambiente. Ele defende o uso de energias alternativas e cita a ameaça da energia nuclear, que pode levar a catástrofes naturais.


 "Homem global", polonês e francês, com influências da Índia e do Brasil, o cientista social Ignacy Sachs é pioneiro no estudo e na defesa do que hoje conhecemos como desenvolvimento sustentável. Ele esteve na primeira reunião da ONU sobre o tema, em Estocolmo em 1972 e participou ativamente da Rio 92. Com uma trajetória marcada pela inquietação, os estudos e a ação por um mundo menos desigual, o professor se mostra às vezes cético, mas rejeita o pessimismo e segue atuante, aos 85 anos. Um dos grandes nomes dos debates da Rio+20, Ignacy Sachs reafirmou os princípios da vida toda na entrevista que concedeu ao Milênio, em São Paulo.

Leia mais...
 
Teste mostra se brasileiro faz a reciclagem de lixo corretamente PDF Imprimir E-mail
Seg, 25 de Junho de 2012 12:17

O JN instalou duas lixeiras em um local de São Paulo: uma verde, para lixo reciclável, e outra cinza, para não reciclável.

 

No fim de uma semana em que se falou tanto de meio ambiente, o JN fez um teste. O brasileiro está preparado para fazer a reciclagem? A equipe de reportagem foi às ruas de São Paulo verificar.

Leia mais...
 
Cerrado pode ser solução para a agropecuária brasileira PDF Imprimir E-mail
Seg, 25 de Junho de 2012 12:03

A região do Cerrado pode ser a solução para o abastecimento de carne e grãos no Brasil, sem precisar derrubar uma única árvore em florestas virgens. Segundo maior bioma do país, o cerrado ocupa 24% do território nacional, em um total de 2 milhões de quilômetros quadrados (km²).

Leia mais...
 
"Eu faço chover” PDF Imprimir E-mail
Seg, 25 de Junho de 2012 09:42

Em 1990, eu fabricava pulverizadores e motosserras para a produção agrícola. Um dia, levei 20 equipamentos para teste de potenciais clientes no Espírito Santo. Durante duas horas, minhas máquinas derrubaram árvores. A queda de um jacarandá de 250 anos me fez parar. Até hoje não esqueço o barulho daquela árvore tombando. Foi uma visão impressionante. A partir daí, decidi que minhas invenções deveriam servir à natureza e não destruí-la. Não queria continuar a produzir motosserras para desmatar nem jogar veneno para poluir. Soube, então, de uma técni-ca para fazer chover com uma substância química, o iodeto de prata. Um avião atravessa as nuvens geladas e bombardeia a solução química nelas, para fazer com que as gotículas d’água se precipitem. Mas o iodeto de prata é um metal pesado. Fiquei imaginando uma maneira limpa de fazer isso.

Leia mais...
 
Áreas inteiras de Mata Atlântica são liberadas para desmatamento em MG PDF Imprimir E-mail
Sex, 22 de Junho de 2012 11:56

Na mata fechada é possível encontrar clareiras e fornos de carvão ainda acesos. No norte de Minas Gerais, o chamado Triângulo do Desmatamento é considerado pela ONG SOS Mata Atlântica como a região que mais destruiu esse tipo de bioma no país.

Leia mais...
 
Hillary Clinton tratará de energia renovável no último dia da Rio+20 PDF Imprimir E-mail
Sex, 22 de Junho de 2012 11:46

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, participa nesta sexta-feira (22) do encerramento da Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.

A ideia é mostrar que os Estados Unidos estão dispostos a investir nos instrumentos que viabilizam o desenvolvimento sustentável. Ela discursará por cerca de dez minutos na sessão plenária da conferência e concederá entrevista coletiva.

Leia mais...
 
«InícioAnterior701702703704705706707708709710PróximoFim»

Página 707 de 745

Eventos

«   Janeiro 2019   »
dstqqss
  1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
  
Veja mais eventos

Receba nossos informativos

Rua Eugênio de Medeiros, 242 - 6º andar - Pinheiros - 05425-900
São Paulo - SP
Mapa de localização

Tel / Fax: 11 3814 1872
Fale conosco

ABES-SP - Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental